A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizava operação de fiscalização de trânsito no perímetro urbano de Pato Branco, no km 531 da BR-158, quando por volta das 23h de terça-feira (05) abordou um Fiat/Uno com placa de Quilombo (SC).

Conforme a PRF, nas consultas os agentes verificaram que as grafias tanto do nome, quanto do sobrenome do condutor estavam diferentes entre o cadastro do seu CPF e da CNH apresentada, de forma que onde constava a letra “S” na CNH, no cadastro fiscal era grafado com a letra “Z”, o que levantou a suspeita da inautenticidade do documento de habilitação.

Os policiais procederam então às consultas nos sistemas da PRF, os quais confirmaram que o condutor do veículo não possuía habilitação para conduzir veículo automotor.

Com isso praticou um crime de fazer uso de documento falso, com pena de dois a seis anos de prisão, e foi detido pela PRF.

Além disso, foram extraídos cinco autos de infração ao Código de Trânsito Brasileiro, em função das condições do veículo e da falta de habilitação do condutor. O veículo foi recolhido ao pátio da PRF.